Artigo:
       Home         |    Agenda 
 

     Serviços









Doenças Urológicas

 

Câncer de Bexiga
Câncer de Testículo
Cistite
Doença de Peyronie
Ejaculação Precoce
Enurese
Estreitamento de Uretra
Extrofia Vesical
Fimose
Hemospermia
Herpes Genital
Hidrocele
Priapismo
Torção de Testículo
Válvula de Uretra Posterior

 

 

Câncer de Bexiga

O tumor de bexiga é uma neoplasia que, em 90% dos casos, surge a partir da mucosa, ou seja, do urotélio vesical. Também chamado de carcinoma transicional de bexiga, constitui 3% de todos os tumores. Depois da próstata, é a segunda neoplasia urogenital a acometer o homem. Várias substâncias estão vinculadas ao tumor vesical, dentre elas a mais importante é o fumo, Vários estudos suportam a relação entre o tabagismo e o câncer de bexiga. A manifestação mais importante é a presença de hematúria (sangue na urina). O tratamento consiste na retirada do tumor, podendo ser feita de modo endoscópico (em tumores superficiais) até a retirada completa da bexiga (em tumores infiltrativos). Como forma adjuvante, em alguns casos pode ser empregado o tratamento intravesical ou quimioterapia, dependendo também do estágio da doença.

Voltar

Câncer de Testículo


Os tumores de testículos são tumores raros e ocorrem em 2-3 indivíduos para cada 100 mil homens. Sua maior incidência se encontra nos adultos jovens dos 15 aos 35 anos, que é a fase da maior atividade sexual e início da profissional. Para saber mais consultar publicações (Câncer de Testículo).

Voltar

Cistite


Cistite é o nome que se dá para doenças inflamatórias e/ou infecciosas da bexiga. As cistites mais freqüentes são causadas por germes oriundos do nosso trato intestinal. Uma delas é a bactéria conhecida por Escherichia coli. A mesma encontra-se nas fezes. Em situações especiais, essa bactéria migra contaminando a região perineal (área onde se localizam os órgãos genitais). Após um período de multiplicação, essa bactéria pode invadir a uretra e se localizar na bexiga, causando uma cistite infecciosa. Essa situação é mais fácil de acontecer nas mulheres, devido principalmente, a causas anatômicas. Quando a cistite comprovadamente for de causa infecciosa, o tratamento é realizado com antibióticos específicos.

 

Voltar


Doença de Peyronie


É um endurecimento da túnica albugínea do pênis, caracterizando-se pela presença de placas fibróticas na túnica albugínea, comprometendo a elasticidade do corpo cavernoso neste local, promovendo dor e curvatura anormal do pênis quando em ereção com prejuízo da penetração nas relações sexuais. Para saber mais consultar publicações (Peyronie).

 

Voltar


Ejaculação Precoce

Muitas definições já foram propostas para a Ejaculação Precoce (EP). As mais antigas referiam-se ao tempo decorrido entre a intromissão vaginal e a ejaculação. Períodos entre 30 segundos e 5 minutos foram sugeridos sem que se chegasse um consenso. Tais definições sofreram muitas críticas devido à sua arbitrariedade e reduzido valor clínico. Atualmente o conceito mais aceito é a inabilidade do controle em ejacular, causando frustração à pelo menos um indivíduo do casal. Seja qual for a definição, trata-se de um problema que afeta de 22% a 38% dos homens em alguma fase da vida. O descontrole ejaculatório responde por cerca de 10% das queixas em uma clínica urológica. A maioria dos pacientes é casada ou têm parceiras fixas e procuram o médico em média 4 anos após o início do quadro. Cerca de 70% referem redução no seu próprio prazer sexual e não somente no da parceira. Nossos conhecimentos sobre as causas do descontrole ejaculatório são incompletos e dão margem à existência de muitas teorias conflitantes. A maioria dos trabalhos científicos, mostram uma relação muito grande com aspectos psicológicos e comportamentais. O tratamento compreende desde terapia sexual do casal e psicoterapia, até o uso de antidepressivos e cremes tópicos.

Voltar

Enurese 


É a eliminação involuntária de urina em crianças além da idade na qual o controle vesical é normalmente obtido, sendo ao redor dos 5 anos. A enurese, diurna ou noturna, é considerada um sintoma e não uma doença. Além da idade e sexo, também é importante o urologista saber com que freqüência esta ocorre, condições psicológicas da criança e ansiedade dos pais quanto ao problema, hábitos higiênicos, alterações do sono, antecedentes familiares, tipo de parto, tratamentos prévios, etc... Uma vez diagnosticada a enurese, esta poderá ser tratada logo que a criança esteja apta a receber o tratamento, muitas vezes longo e com participação decisiva dos pais. Observamos bons resultados a partir dos seis anos de idade. A consulta é especialmente esclarecedora para os pais que quase sempre associam a enurese noturna com problemas psicológicos e neurológicos.

Voltar

Estreitamento de Uretra

O termo estreitamento, estenose na linguagem médica, refere-se no ser humano, ao de um órgão tubular, como a uretra, artérias, veias, intestinos, etc. A estenose uretral, estreitamento uretral ou ainda "calo" uretral, é a diminuição do diâmetro da "luz" (parte oca do canal) da uretra, acarretando dificuldade para urinar, necessitando fazer força para urinar, e ainda sintomas irritativos, como ardência ou dor ao urinar e freqüência urinária elevada. Pode ter origem traumática, como nas fraturas de bacia, quedas "a cavaleiro" ou ainda uso prolongado de sonda uretral, resultando em lesão, que ao cicatrizar poderá tornar-se uma área de estreitamento. A forma mais comum é a inflamatória, após doenças venéreas, como a gonorréia, mesmo anos após o tratamento. 

Voltar

Extrofia Vesical

É uma séria anomalia geniturinária onde, a região inferior do abdome (umbigo para baixo) e parede anterior da bexiga, não foram formadas, e a parede posterior da bexiga está invertida (para fora) e fundida com o restante da parede abdominal. Um pênis rudimentar está presente como que separado ao meio por uma severa epispádia (meato uretral dorsal). Na mulher, a parede anterior da vagina pode estar exteriorizada e o clitóris separado em dois. Radiograficamente (RX), os ossos púbicos estão afastados.

Voltar

Fimose

É a dificuldade de exteriorização da cabeça do pênis por causa de um estreitamento ou aderência do prepúcio. Para saber mais consultar publicações (uropediatria fimose)

Voltar

Hemospermia

É a presença de sangue no esperma dando-lhe um aspecto achocolatado ou mesmo avermelhado. O sangue no esperma pode se originar na próstata e/ou nas vesículas seminais, secundário à processos infecciosos, tuberculose ou câncer. Os ductos ejaculatórios também podem ser a sede do sangramento devido a processos inflamatórios ou cálculos. Entretanto, na maioria das vezes, a hemospermia não tem uma explicação objetiva e nem significado clínico importante. O tratamento pode ser conservador com interrupção da atividade sexual por um breve período, evitar traumatismos sobre a próstata (períneo) como andar de bicicleta, moto ou fazer hipismo. Drogas antiinflamatórias podem ser usadas com um efeito questionável. Inibidores do crescimento prostático têm sido usados ultimamente com relativo sucesso como a finasterida. Quando uma causa objetiva for encontrada deve ser tratada. 

Voltar

Herpes Genital

Infecção recorrente (vem, melhora e volta) causadas por um grupo de vírus que determinam lesões genitais vesiculares (em forma de pequenas bolhas) agrupadas que, em 4-5 dias, sofrem erosão (ferida) seguida de cicatrização espontânea do tecido afetado. As lesões com freqüência são muito dolorosas e precedidas por eritema (vermelhidão) local. Não existe ainda tratamento eficaz quanto à cura da doença. O tratamento tem por objetivo diminuir as manifestações da doença ou aumentar o intervalo entre as crises.Não está provado que a camisinha diminua a transmissibilidade da doença. Higienização genital antes e após o relacionamento sexual é recomendável.

Voltar

Hidrocele

Hidrocele é a presença de líquido em quantidades anormais dentro do escroto e envolvendo o testículo. Pode ser unilateral ou bilateral. As hidroceles podem ser congênitas ou adquiridas. 

Voltar

Priapismo

É uma ereção persistente (mais de 4 horas), freqüentemente dolorosa, não acompanhada de desejo sexual. O nome priapismo vem da mitologia grega na qual Príapo, filho de Afrodite, era conhecido pelo seu falo longo e ereto. É uma emergência urológica. Através da análise do sangue coletado do pênis diretamente (gasometria dos corpos cavernosos) tem-se uma diretriz para o tratamento, que pode se constituir em :aspiração do corpo cavernoso (drenagem), aspiração do corpo cavernoso com injeção de drogas vasoativas (vasoconstritores), aspiração e lavagem do corpo cavernoso e até mesmo tratamento cirúrgico (a fim de criar comunicações entre o corpo cavernoso e corpo esponjoso).

Voltar

Torção de Testículo

É uma dor súbita no escroto (saco, saco escrotal) acompanhada de aumento de volume do mesmo. Pode estar acompanhada de sinais locais, tais como "inchume", aumento da temperatura e " vermelhidão". Sintomas gerais como náuseas, vômitos e dor abdominal podem acompanhar o quadro. Geralmente crianças e adolescentes são mais afetados. É uma emergência cirúrgica. Uma vez feito o diagnóstico o tratamento é cirúrgico e de emergência. O lado comprometido deve ser explorado através de uma incisão no escroto e ser executada a distorção do testículo e fixação do outro testículo não comprometido, através de pontos (sutura) na parede do escroto. Em alguns casos, quando o paciente não procura recurso médico imediatamente ou quando o diagnóstico não é feito com rapidez, o testículo sofre alterações irreversíveis, obrigando a sua extirpação. Com os meios diagnósticos modernos, essa é uma situação pouco freqüente. 

Voltar

Válvula de Uretra Posterior


Consiste na presença de uma "membrana", ao nível da saída da bexiga, que funciona como uma válvula, impedindo a saída (fluxo) normal de urina para fora, dilatando os rins e ureteres e causando deformidades na bexiga, pelo esforço miccional. Se não corrigida, destrói pelo excesso de pressão, ambos os rins. Com o advento da ultra-sonografia, muitos diagnósticos são feitos ainda na vida fetal, com possibilidade de correção antes do nascimento da criança (cirurgia intrauterina). 

Voltar

 

Voltar
   
UROPASSOFUNDO 2010 © |Todos os direitos Reservados |        Powered By Partners Solutions & Technologys