Artigo:
       Home         |    Agenda 
 

     Serviços









 Medicamentos resolvem até 85% dos casos de impotência

A atividade sexual é, a exemplo de comer, respirar, dormir e pensar, uma necessidade humana. Impotência tem sido termo tradicionalmente usado para definir a incapacidade de obter e manter uma ereção satisfatória. Disfunção erétil é o termo médico atualmente mais aceito para definir tal condição. É importante reconhecer que a disfunção erétil pode estar presente mesmo quando o desejo e o orgasmo (ejaculação) estejam presentes. O médico urologista Eduardo Scortegagna, de Passo Fundo, explica as principais dúvidas sobre o assunto.

A impotência sempre foi um assunto cercado de tabus. Mas, o que realmente significa impotência sexual?
O termo impotência sexual, está sendo substituído nos últimos anos por disfunção erétil que é definida como a incapacidade persistente do indivíduo em obter e ou manter uma ereção suficiente para completar um ato sexual satisfatoriamente.

Quais as causas da impotência sexual masculina?
Os estudos a respeito das causas e da prevalência da disfunção erétil, estabelece uma relação do aumento da ocorrência com o envelhecimento masculino, sendo encontrado índices de 52% de disfunção erétil, entre as idades de 40 a 70anos.

Fatores de risco
Dentre fatores de risco, podemos apontar:
- Tabagismo
- Diabetes
- Depressão
- Doença arterial coronária
- Hipertensão
- Além destes, fatores como idade, baixa escolaridade, obesidade, pouca atividade física, consumo de álcool e cafeína, hiperlipidemia, uso de medicamentos, podem contribuir com a impotência.

A impotência atinge todas as faixas etárias?
A disfunção erétil atinge todas as faixas etárias de indivíduos sexualmente ativos, aumenta com o envelhecimento e pode ser dividida em graus de severidade leve, moderada e severa.


Em qual idade é mais prevalente?
Os estudos de grandes grupos mostra que, em homens saudáveis, a disfunção erétil pode acontecer: 8% aos 55 anos, 25% aos 65 anos, 55% aos 75 anos e 75% aos 80 anos.

Quais as opções terapêuticas que podem auxiliar no tratamento?
Atualmente considera-se que o tratamento para disfunção erétil deva ser oferecido de acordo com cada caso. O tratamento oral para o problema é o preferido pela maioria dos pacientes e as medicações atualmente são bastante eficazes com índices de resposta positiva em torno de 80 a 85%. As substâncias mais utilizadas são os inibidores da fosfodiesterase 5 como o nome químico: sildenafil, vardenafil, taldalafil sendo que a eficácia destes é similar, variando o tempo de ação e duração. Existem outras modalidades de tratamento quando esta falha, como injeção de substância intracavernosa. Dispositivos a vácuo, drogas de uso intra uretral e próteses, sendo que cada tratamento deve ser individualizado e a decisão deve ser tomada entre paciente e seu médico.

Quais as indicações do Viagra? Quais os cuidados ao tomar o medicamento?
Com relação ao uso do Viagra, é similares como cialis e levitra, e existem várias indicações no intuito de resolver a disfunção erétil.
Todo o paciente deve ser avaliado antes de iniciar o uso. As principais indicações são: pacientes diabéticos que apresentam alteração circulatória vascular peniana, impedindo que o sangue chegue adequadamente para manter uma ereção satisfatória durante a relação sexual. Além desta, existem outras inúmeras indicações como: hipertensão arterial, dislipidemias, depressão, consumo de álcool, obesidade, além de alterações hormonais, traumas, raque medular, causas psicológicas, cirurgias pélvicas, radioterapia, etc. O índice de sucesso com uso destes medicamentos, chega a 80% dependendo da patologia que o paciente apresenta.
A segurança cardiovascular já está bem comprovada por inúmeros estudos, sendo que as contra indicações são: uso de nitratos (medicamento vasodilatador para doença coronária como angina) e infarto recente. Existem outras contra indicações relativas que devem ser vistas caso a caso.

Como a ereção se processa
Quando o homem vê, escuta ou sente alguma coisa “sexualmente excitante”, o cérebro envia um sinal que faz com que os músculos do pênis relaxem. Quando isso ocorre, dois tubos existentes ao longo do pênis (denominados corpocavernoso) enchem-se de sangue. O pênis se expande e torna-se duro. Á medida que os tubos se expandem, eles também fazem pressão contra as veias que transportam o sangue para fora do pênis. O sangue então fica então bloqueado nos tubos e o pênis torna-se ereto. É importante compreender o papel do fluxo do sangue na obtenção e manutenção da ereção. Em muitos casos, a disfunção erétil é causada por outros problemas de saúde que podem restringir o fluxo de sangue por todo o corpo, inclusive no pênis.

Apenas 8% dos pacientes tratam a disfunção.
Uma pesquisa feita pelo Projeto Sexualidade, do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo mostra que 64% dos pacientes que procuram um médico de qualquer especialidade têm disfunção erétil em algum grau, enquanto a incidência na população em geral é de 45,1%. Mas, embora já procurem ajuda para outros problemas, apenas 8% dos pacientes tratam a disfunção. Esses são os primeiros resultados da pesquisa denominada “Estudo da Vida Sexual do Paciente”, coordenadas pela psiquiatra Carmita Abdo. Os dados foram coletados com a colaboração de clínicos gerais, cardiologista, urologistas e ginecologistas de todo o país. Refletem o comportamento de homens entre 18 e 76 anos de idade. O silêncio nos consultórios anuncia o risco de automedicação. O estudo também indica que aproximadamente 1/3 dos homens com problemas de ereção tomou remédio sem prescrição médica. Essa prática oferece riscos. Porque os medicamentos para disfunção erétil, se combinados com algumas drogas de ação vasodilatadora, podem levar a acidentes vasculares ou infarto. Outro aspecto negativo da automedicação é deixar de investigar a causa, que pode ser orgânica. A condição psicológica é outro aspecto fundamental. Apenas 10% dos casos são decorrentes de causas orgânicas até os 60 anos.


Dr Eduardo Scortegagna - Médico Urologista

 

 

Voltar
   
UROPASSOFUNDO 2010 © |Todos os direitos Reservados |        Powered By Partners Solutions & Technologys