Artigo:
       Home         |    Agenda 
 

     Serviços









 Varicocele: O que é necessário saber.

e forma geral, define-se varicocele como sendo "varizes do testículo". Cerca de 10% da população masculina é portadora de varicocele, doença cuja principal característica é a dilatação das veias que drenam o sangue da região dos testículos. Ela provoca o acúmulo de substâncias nocivas ao órgão e o aumento da temperatura local, levando a uma diminuição na produção de espermatozóides. A varicocele pode ocorrer em qualquer um dos testículos, ou mesmo em ambos. Mas, é mais comum acontecer no lado esquerdo. A varicocele em geral é indolor, mas dependendo de seu volume, pode causar dor. Hoje, a varicocele é reconhecida como causa de infertilidade masculina, sendo responsável por quase 40% desses casos.

A falta de hábito dos homens em realizar consultas periódicas dificulta a descoberta do problema. Fato que muitas vezes só é detectado quando o casal pretende ter filhos e a mulher não consegue se engravidar. O diagnóstico da varicocele pode ser feito pelo exame clínico, através de manobras provocativas, como tossir, fazendo com que as veias inchem, e o médico possa palpar essas veias. Outro achado no exame clínico pode ser a diminuição do testículo atingido, pois a varicocele pode levar à atrofia dos tubos seminíferos, tornando o testículo afetado menor e mais mole. Podem ocorrer também dores no órgão afetado e até mesmo alterações estéticas na região escrotal, deixando em alguns casos, um lado do escroto maior do que o outro. Para confirmar o diagnóstico, um exame chamado eco-doppler pode ser necessário, no qual é possível verificar se realmente há refluxo de sangue, além de conseguir medir a intensidade desse refluxo e o tamanho das veias.

“A falta de hábito dos homens em realizar consultas periódicas dificulta a descoberta do problema, fato que muitas vezes só é detectado quando o casal pretende ter filhos”

O tratamento é cirúrgico com ligadura da veia espermática. Existem várias técnicas, mas atualmente a mais empregada é a microcirúrgica. Alguns casos assintomáticos de varicocele podem ser tratados conservadoramente com um suspensório escrotal durante exercícios. A cirurgia, comumente está indicada quando a presença de varicocele determina atrofia do testículo, quando provoca alterações na qualidade do esperma ou quando um paciente está com dificuldades de engravidar a sua parceira. É importante lembrar que no caso de homens inférteis operados, a fertilidade é obtida em 30% dos pacientes, conseguindo-se um índice de gestação entre 30-40% com taxas de nascimento ao redor de 20%, por isso, não pode existir garantia que a gravidez possa acontecer. Em alguns casos, os homens são operados devido à dor testicular, devendo haver mais critério neste tipo de indicação, uma vez que a dor pode ter outros fatores determinantes. Como prevenção é sempre a palavra de ordem, é recomendado que, por volta dos 16 anos, os jovens façam a sua primeira consulta para avaliação testicular, pois o problema quando detectado e tratado de forma mais precoce tem melhores resultados.



Dr Daniel Gobbi – Urologista

 

 

Voltar
   
UROPASSOFUNDO 2010 © |Todos os direitos Reservados |        Powered By Partners Solutions & Technologys